Pós-capitalismo: a agenda do sim

Para o jornalista Antonio Martins, já não basta afirmar o que não queremos. É hora de mudar o foco para a construção efetiva de novos modos de produzir, consumir e conviver.