Tolerância ao trabalho escravo foi a pior marca de 2017

Muitos foram os retrocessos que clivaram o Brasil no ano que findou, mas nada foi tão aberrante e atentador a um mínimo padrão civilizatório quanto a tolerância a regimes de trabalho similares à escravidão. Leia artigo de Márcio Santilli, sócio-fundador do ISA

Veja a Fonte da matéria

escrito por

O autor não acrescentou qualquer informação a seu perfil ainda.

Os comentários estão fechados.

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!
©
Pryzant Deisgn