Prefeitura de Porto Alegre quer matar 300 cães e é contestada por protetores

Um abaixo assinado virtual encabeçado pela protetora de animais Juliana M. Coube, de Porto Alegre (RS) denuncia que a capital gaúcho apelou na justiça para “assassinar” pelo menos 300 cães com suspeita de leishmaniose, isso sem ter sido feito qualquer um dos testes serológicos.

As autoridades votaram pela eutanásia durante um processo movido pela deputada Regina Becker, sem dar a chance de tratar ou testar os animais que estão doentes e precisam de cuidados. stes animais foram tirados dos seus donos com a promessa de que seriam feitos testes e de que eles seriam tratados. “Porém, nada disso foi feito”, comenta Juliana.

Já com mais de 30 mil assinaturas, ela pretende encaminhar o pedido à Prefeitura de Porto Alegre, ao Prefeito Nelson Marchezan e a Ouvidoria-Geral. O abaixo assinado está no change.org (#Envolverde)

O post Prefeitura de Porto Alegre quer matar 300 cães e é contestada por protetores apareceu primeiro em Envolverde – Revista Digital.

Veja a Fonte da matéria

escrito por

O autor não acrescentou qualquer informação a seu perfil ainda.
Related Posts

Os comentários estão fechados.

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!
©
Pryzant Deisgn