ONU

ODS: como “não deixar ninguém para trás”?

Por Aruna Dutt, da IPS –  Nações Unidas – “Não deixar ninguém para trás” passou a ser o lema dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), mas resta muito a ser feito para chegar a concretizá-lo, afirmaram esta semana organizações da sociedade civil presentes a uma conferência de revisão dos avanços da Agenda de Desenvolvimento Pós-2015. Ao contrário dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU), que não conseguiram atender a desigualdade estrutural, a sustentabilidade ecológica e as responsabilidades do Norte Global, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável reconhece a “enorme disparidade de oportunidades, de riqueza e de poder” como imensos desafios para se conseguir o desenvolvimento sustentável, uma novidade em matéria de documentos intergovernamentais. No primeiro ano dos 14 da Agenda 2030, ainda falta ver as mudanças no caminho para o desenvolvimento global, segundo o informe Spotlighton Sustainable Development 2016 (Foco no Desenvolvimento Sustentável 2016), publicado esta semana pelo Grupo de Reflexão da Sociedade Civil. “Não se deixa as comunidades para trás por esquecimento”, observou Warda Rina, da Women’s Major Group, uma das organizações que participaram da revisão dos avanços da Agenda 2030, “são políticas neoliberais que as excluem de forma sistemática”, destacou. O estado dos ODS em muitos países pode ser descrito como de prosperidade crescente das classes altas, mas piora a segurança pública, a qualidade de vida e a pobreza multidimensional, diz o informe. “Com relação à Agenda 2030, há progressos e retrocessos”, escreveu Hector Bejar, representando a coalizão Social Watch, no Peru, que no informe diz que o “produto interno bruto cresce, mas com ele também cresce a desigualdade”. Barbara Adams, também da Social Watch, disse que na implantação dos ODS, por ora, parece que alguns Estados membros aceitaram com reticência a agenda, e nas negociações houve muitas rejeições e muitos retrocessos. “As conversações sobre financiamento parecem voltar à sua dinâmica habitual. Se continuar o que está sobre a mesa, aparecerão obstáculos diretos para a concretização dos ODS”, alertou. Um dos grandes obstáculos que a Agenda 2030 não atende é a nova geração de acordos bilaterais de investimentos e de livre comércio, que reduzem a capacidade dos governos de promover os direitos humanos e a sustentabilidade, e incentivam os países a competirem em uma corrida para o abismo, oferecendo taxas mais baixas e mão de obra mais barata para atrair capitais. Por exemplo, o acordo de Associação Transpacífico, assinado em fevereiro, aguarda por ratificação, e a Associação Transatlântica para o Comércio e o Investimento, entre União Europeia e Estados Unidos, terminará no final deste ano. “Os acordos consideram padrões sociais, ambientais e de direitos humanos como possíveis barreiras não alfandegárias para o investimento e o comércio, que é preciso ‘harmonizar ou eliminar’”, diz o informe. Sandra Vermuyten, da organização Public Services International, disse que muitos grupos da ONU são dirigidos por interesses corporativos e não são inclusivos. Por exemplo, o coordenador da Global Business Alliance para a Agenda 2030 é a Câmara Internacional de Comércio, à qual se atribui um papel crucial na […]

O post ODS: como “não deixar ninguém para trás”? apareceu primeiro em Envolverde – Revista Digital.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde, ONU Comentários
Sem comentários
Tags:
Leia mais

O que são os 17 ODS das Nações Unidas

Os ODS formam o principal acordo global para a redução dos principais problemas da humanidade, do planeta e da economia até 2013. São metas que devemos buscar para garantir um mundo socialmente mais justo, ambientalmente resiliente e economicamente…

Por em: Blogs e Portais, Envolverde, ONU Comentários
Sem comentários
Leia mais

EUA retiram apoio ao Fundo de Populações da ONU

Por Tharanga Yakupitiyage, da IPS/Envolverde Os Estados unidos cancelaram qualquer tipo de ajuda ao Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA). Essa agência trabalha em temas como saúde sexual e reprodutiva em cerca de 150 países. Essa decisão se baseou em uma falsa acusação, segundo o Fundo, de que a organização apoia ou participa de […]

O post EUA retiram apoio ao Fundo de Populações da ONU apareceu primeiro em Envolverde.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde, ONU Comentários
Sem comentários
Tags:
Leia mais

Risco de nova guerra na República Democrática do Congo

Por Tharanga Yakupitiyage, da IPS Nações Unidas – Os corpos dois funcionários das Nações Unidas e sua equipe de trabalho que estavam atuando na República Democrática do Congo foram encontrados duas semanas depois de serem dados como desaparecidos. Ao todo, além dos funcionários da ONU estavam um interprete e três motoristas. As Nações Unidas e […]

O post Risco de nova guerra na República Democrática do Congo apareceu primeiro em Envolverde.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde, ONU Comentários
Sem comentários
Tags:
Leia mais

ONU Mulheres: nota pública sobre assassinato de Maria Eduarda Alves da Conceição

ONU Mulheres divulgou no início da noite dessa sexta-feira (31) nota pública manifestando “consternação” com o assassinato da adolescente negra Maria Eduarda Alves da Conceição, de 13 anos, vítima de bala perdida na quinta-feira (30), enquanto estava em aula na cidade do Rio de Janeiro. Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres no Brasil, assina o […]

O post ONU Mulheres: nota pública sobre assassinato de Maria Eduarda Alves da Conceição apareceu primeiro em Envolverde.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde, ONU Comentários
Sem comentários
Tags:
Leia mais

Italy lays out roadmap for increasing flows of sustainable finance

Por em: ONU, PNUMA Comentários
Sem comentários
Leia mais

Italy gives 5 million euro to UN Environment Fund

- Money will go to greening marine economy and boosting resource efficiency among others
- Since 2014, Italy contributed over 10.5 euro million to the Environment Fund

Por em: ONU, PNUMA Comentários
Sem comentários
Leia mais

Netherlands to Host Global Centre of Excellence on Climate Adaptation

Por em: ONU, PNUMA Comentários
Sem comentários
Leia mais

Financial institutions worth $6.6 trillion set standard for financing sustainable development

- 19 banks and investors, totalling $6.6 trillion in assets set new criteria for sustainable financial instruments
- An estimated $5 to 7 trillion a year is needed to achieve the global sustainable development goals
- Banks manage $140 trillion of asse…

Por em: ONU, PNUMA Comentários
Sem comentários
Leia mais

Financial institutions worth $6.6 trillion set standards for financing sustainable development

- 19 banks and investors, totalling $6.6 trillion in assets set new criteria for sustainable financial instruments
- An estimated $5 to 7 trillion a year is needed to achieve the global sustainable development goals
- Banks manage $140 trillion of asse…

Por em: ONU, PNUMA Comentários
Sem comentários
Leia mais
©
Pryzant Deisgn