Author Archive for: Ana Maria

EMIRADOS: Crescente Vermelho distribui rações para iftar no Iêmen

Lahij, 15 de junho (WAM) – A Autoridade do Crescente Vermelho dos Emirados Árabes Unidos distribuiu comida do iftar para muitas famílias carentes no Iêmen e colaborou com associações que trabalham com surdos e crianças com paralisia cerebral no…

Por em: Blogs e Portais, Envolverde Comentários
Sem comentários
Leia mais

As pedras da Lua e a biocivilização

Por Dal Marcondes, da Envolverde – Em 1969, quando os astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin pisaram na Lua, um grande objetivo foi alcançado pela humanidade. “Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade”, como ficou imortalizado o feito na fala de Armstrong.  47 anos depois a humanidade tem a frente muitos novos desafios que precisam de união e orgulho em ser uma espécie inteligente.  O texto abaixo foi escrito alguns anos atrás apenas para mostrar que ir à Lua não foi apenas um passeio, mas um desafio civilizatório. Confira! Em 1961 o presidente Jonh Kennedy lançou um desafio à sociedade americana, levar um homem à Lua e trazê-lo de volta em segurança. Mais do que isso, o feito deveria ser realizado antes do final da década. Em 1963 Kennedy foi assassinado, mas os Estados Unidos seguiu em frente e se lançou em um dos mais importantes desafios para o processo civilizatório de um dos tempos mais prolixos em realizações, o século 20. Em 20 de julho de 1969 a nave espacial Apollo 11 estabeleceu um novo marco na história humana. Pela primeira vez um ser humano pisa em um território que não pertence ao Planeta Terra. De lá foram trazidos 385 quilos de pedras, nas diversas missões Apollo, que ainda aguardam estudos mais detalhados por parte dos cientistas. “Muito dinheiro dos contribuintes para nada”, disseram conservadores e jornais da época. Kennedy, ao lançar o desafio certamente não estava pensando no valor científico ou econômico do que seria encontrado na Lua. Estava, na verdade, estabelecendo metas para um grande salto tecnológico, que tirou o mundo de um cenário restrito do pós-guerra, para lançá-lo em um real processo de transformação científica, tecnológica e de globalização. Da decisão tomada em 1961 surgiu toda uma nova perspectiva planetária a partir do desenvolvimento de computadores menores e mais eficientes, tecnologias de comunicação, satélites, microships, universalização do acesso à internet e às telecomunicações em geral. A sociedade e a economia que emergiram desta decisão é mais rápida, trabalha com mais informação e saber e é educacionalmente mais qualificada  do que tudo o que havia existido antes. Claro que não conseguiu resolver todos os problemas e mazelas da humanidade, teve uma parte expressiva de suas tecnologias destinadas a usos militares e criou novos problemas. No entanto, é inegável que mudou o mundo. Seria possível continuar a linha de tempo sem os avanços da micro-computação e sem os saltos da tecnologia da informação? Certamente que sim. No entanto o novo padrão científico e tecnológico se espalhou de forma capilar e estrutural pelo mundo, o que criou novos cenários e novas oportunidades de geração de conhecimento, empregos, renda e riqueza não mais limitados a porções geográficas do “mundo ocidental”. Nesta primeira década do século XXI surge um novo desafio, enfrentar as mudanças climáticas de forma criativa e com grande capacidade de transformação para a humanidade como um todo. Da mesma forma que a conquista da Lua foi um fator decisivo para a transformação […]

O post As pedras da Lua e a biocivilização apareceu primeiro em Envolverde – Revista Digital.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde Comentários
Sem comentários
Tags: ,
Leia mais

Fundação Itaú Social lança edital de apoio aos Fundos da Infância e Adolescência

Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente podem inscrever propostas até o dia 4 de agosto A Fundação Itaú Social disponibiliza o Edital para a destinação de recursos aos Fundos da Infância e Adolescência (FIA), com o objetivo de apoiar projetos que contribuam para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes. Os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de todo o País, gestores dos Fundos, podem inscrever suas propostas até as 18h do dia 04 de agosto. O Edital da Fundação Itaú Social, elaborado conforme as diretrizes do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), selecionará propostas voltadas ao atendimento e acolhimento direto; elaboração de diagnóstico, sistema de monitoramento e avaliação de políticas públicas; capacitação e formação profissional; campanhas educativas; e mobilização social e articulação para a defesa dos direitos. “Este ano foram ampliadas as modalidades de projetos que podem ser inscritas. O objetivo é apoiar iniciativas que dialoguem com as prioridades identificadas pelos Conselhos a partir de diagnósticos locais”, explica a coordenadora de Fomento da Fundação Itaú Social, Camila Feldberg. Cada Conselho pode inscrever apenas uma proposta. Os valores disponibilizados aos Fundos são provenientes da destinação de 1% do imposto de renda devido das empresas do Conglomerado Itaú Unibanco Holding S.A. Informações sobre as inscrições podem ser acessadas no site do Itaú Social: www.fundacaoitausocial.org.br. O anúncio dos projetos selecionados está previsto para dezembro. (#Envolverde) Informações Assessoria de imprensa Fundação Itaú Social Tamer Comunicação Ana Claudia Bellintane – 11 3031-2388 – ramal 238 – 11 96909-4407 (anaclaudia@tamer.com.br) Daniela Martins – 11 3031-2388 – ramal 237 – 11 97514-0299 (daniela@tamer.com.br) Paula Ferraz – 11 303-2388 – ramal – 239 (paula@tamer.com.br)  

O post Fundação Itaú Social lança edital de apoio aos Fundos da Infância e Adolescência apareceu primeiro em Envolverde – Revista Digital.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde Comentários
Sem comentários
Tags: , , , ,
Leia mais

A Rebelião das Águas

Insumo fundamental para a sobrevivência humana, a água tem sido bastante maltratada por quem mais dela precisa. Apesar de tão importante é comum assistirmos cenas diárias de desperdício, contaminação e desrespeito. Muita gente já sabe que esse bem tão precioso é escasso em várias partes do mundo e milhares de pessoas morrem no planeta em […]

O post A Rebelião das Águas apareceu primeiro em Envolverde.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde Comentários
Sem comentários
Leia mais

A economia do fim do mundo

Por Dal Marcondes*, da Envolverde –  Movimentar a economia por meio do consumo foi uma decisão tomada após a Segunda Guerra Mundial, e serviu apenas para acelerar o uso e a degradação dos recursos naturais e econômicos do planeta. Os Estados Unidos emergiram da Segunda Guerra Mundial como a única grande economia que não teve […]

O post A economia do fim do mundo apareceu primeiro em Envolverde.

Por em: Blogs e Portais, Envolverde Comentários
Sem comentários
Tags:
Leia mais
©
Pryzant Deisgn