Marcha das Mulheres pára o Rio de Janeiro

Imagens do alto do trio elétrico que acompanhou a Marcha das Mulheres foram transmitidas pela  TVRio20.

5 mil pessoas, entre homens, mulheres, feministas e membros de ONGs, marcharam no Rio de Janeiro nesta segunda-feira, dia 18, na Marcha Mundial das Mulheres, A passeata aconteceu em paralelo à Cúpula Ambiental da ONU, a Rio+20. Ao todo, representantes de 31 movimentos sociais participaram da marcha no Rio de Janeiro.

Protestando contra desigualdade entre os gêneros, a Marcha deixou o MAM munida de instrumentos musicais, equipamentos de som, bandeiras, faixas e muita disposição para gritar, avançou pelo Aterro do Flamengo, na Zona Sul, onde está sendo realizada a Cúpula dos Povos.

Entre as reivindicações estão a descriminalização do aborto e a paridade de salários e cargos, além de temas como a demarcação de terras quilombolas, a reforma agrária e o repúdio geral ao sistema capitalista.

Muitas manifestantes carregavam faixas contra a Economia verde, considerada um mero a um paliativo a um sistema corrupto. “A ‘economia verde’, ao contrário do que o seu nome sugere, é outra fase da acumulação capitalista. Nada na “economia verde” questiona ou substitui a economia baseada no extrativismo de combustíveis fósseis, nem os seus padrões de consumo e produção industrial”, diz o texto do manifesto da Marcha.

Leia o Manifesto aqui

Fonte: Revista Brasileiros

 

escrito por

O autor não acrescentou qualquer informação a seu perfil ainda.

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um Comentário

Pryzant Deisgn

Slider by webdesign