Consumir para não morrer

Homero Santos reflete sobre o tempo, o dinheiro e uma sociedade que consome para escapar da morte.